Um pequeno gráfico no Art Alley

café

45 artistas com mais de 110 obras compõem o Sétimo Fórum de Pequenas Formas Gráficas. O anfitrião do evento, que este ano se realiza em simultâneo com a Oitava Trienal Internacional de Gráficos de Sófia, é a galeria “Art Alley”, e os organizadores são a secção “Gráficos e Ilustração” da União dos Artistas Búlgaros. O júri atribuiu o prémio de apresentação global, fornecido pela Finesse Gallery, a Maya Cholakova, e de jovem autor, fornecido pela SBH, a Dalia Dinova.

café

A gráfica de pequeno formato é uma arte com tradição entre os artistas búlgaros. O desafio do formato limitado em que o artista pode desenvolver as suas experiências gráficas leva-o muitas vezes a resultados curiosos. Os pequenos gráficos hoje seguem o mesmo caminho dos grandes formatos – no sentido de confundir as fronteiras entre o que é uma impressão gráfica, uma pintura ou uma escultura tridimensional. A natureza interdisciplinar da arte em geral leva o artista a novos horizontes de autoexpressão. É por isso que na exposição podemos ver tanto gravuras a cores, com um toque e interpretação quase pictórica, como obras espaciais que chegam mesmo a beirar a escultura.

A entrada de novas tecnologias digitais é também uma característica cada vez mais afirmada nas exposições gráficas. Uma parte significativa dos trabalhos da edição deste ano é justamente isso. Isto leva-nos inevitavelmente a pensar se a impressão digital tem um lugar ao lado de outras técnicas gráficas numa exposição geral e se começa a ter precedência. Além disso, não é apropriado considerar a separação das impressões digitais em uma categoria separada com um prêmio separado dentro do fórum Small Graphic Forms. Estes são pontos-chave nos quais os organizadores devem pensar no futuro.

A iniciativa da seção “Gráficos e Ilustração” da SBH, que remonta a 2012, dá a jovens e consagrados autores a oportunidade de compartilharem suas atividades criativas durante o ano passado. Após a sua apresentação em Sófia, a exposição visita tradicionalmente outras cidades do país.

Por mais um ano, no dia da inauguração, foi realizada a promoção “Só para fãs”, uma oportunidade para todos os apreciadores de artes gráficas adquirirem obras dos seus autores preferidos a um preço acessível.

Boletim SBH, 2020, 1, 16

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *