O formato miniatura é o novo desafio na obra de Krasimir Yakov

02Krasimir Yakov é um criador que gosta de se desafiar e não se contenta em seguir o caminho da rotina. A sua criatividade passa pela escultura monumental, pelo retrato escultórico, pela pequena escultura, pelo desenho e até pela pintura. Contudo, na sua última exposição, organizada em Salão “Ninho Silencioso” no Palácio – Balchik de 15 a 31 de julhoapresenta 52 placas de bronze – uma nova e
território não desenvolvido por ele.

Krasimir Yakov nasceu em 1955, vive e trabalha em Pleven. Ele se formou na Art High School de Sofia e na Art Academy, onde se formou em “Escultura” em 1979. Desde então, ele criou mais de 30 esculturas monumentais em muitas cidades no país e no exterior. É vencedor de duas medalhas de ouro do HG – Sofia (1974), prémio estudantil de artes plásticas (1976); prêmio do simpósio de escultura de Burgas (1979), prêmio do concurso nacional para o monumento às vítimas das guerras (1994), prêmio “Petya Dubarova”, Burgas (2009), prêmio pelo projeto do monumento aos policiais búlgaros , Sófia (2012).

01Organizou as suas últimas exposições individuais em 2015 – na galeria da SBH em Sofia e no Palácio – Balchik e em 2017 em Pleven. O que é característico deles, assim como do trabalho do escultor em geral, é a coragem com que aborda todos os géneros escultóricos e pictóricos. Yakov não tem medo de desafiar as suas possibilidades criativas a qualquer momento, trabalhando simultaneamente numa pequena escultura, num projecto de escultura monumental, esboçando algo que o inspirou e até pintando. É por isso que esta exposição de placas de pequeno formato formadas sobre suportes de madeira é algo que não surpreende quem conhece e acompanha o trabalho de Krasimir Yakov.
A placa é uma arte escultórica específica que combina os princípios básicos da imagem em relevo, bem como o desenho e a composição. As placas de Krasimir Yakov, dispostas na galeria de Balchik, medem até 12 cm, o que acabou sendo um grande desafio para ele.

“São necessários quatro fatores para nivelar a placa. Além do domínio do relevo escultórico, também é necessária uma composição perfeita da imagem, detalhes gráficos precisos e layout de design do produto final”o autor compartilha sobre suas obras.

03E nesses novos trabalhos ele se mantém fiel ao seu estilo – experimentando o material, usando pátina para conseguir nuances de cor. Isto, combinado com as várias texturas do bronze, cria a ilusão de uma pintura em vez de um relevo. Os moldes de bronze têm realmente o efeito de miniaturas, combinando enredo, composição, influências da mitologia, folclore, decorativo. Neles, a mulher, a mãe, é novamente elevada a culto. Entre as imagens encontramos personagens da mitologia grega – Orfeu, Pégaso, sereias do mar, seu personagem preferido Dom Quixote; retratos de figuras históricas como Vasil Levski e Hristo Botev (as duas placas têm 16 cm), a Virgem com o Menino, paisagens renascentistas, retratos e outros. São imagens constantes, repetidas ao longo dos anos na sua obra, que o autor altera e desenvolve a cada nova exposição.

As placas de Krasimir Yakov abrem ao artista uma nova porta para o cavalete, para a arte em miniatura que pode estar presente em cada casa.

Boletim SBH, 2018, 4, 16-17

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *