Kalina Taseva na galeria “Arte”

Kalina Taseva, uma das figuras mais emblemáticas da pintura búlgara contemporânea, inaugurou mais uma exposição individual na galeria “Arte” da capital. A ocasião formal é o seu 85º aniversário, que a autora optou por celebrar mostrando ao público de Sofia as suas últimas pinturas.

A pintura de Kalina Taseva é expressivo e forte, irradiando energia, nada característico da “criatividade feminina” que conhecemos em nosso país. A expressividade dos traços, a potência dos volumes e a harmonia das combinações de cores que irradiam as suas paisagens, naturezas mortas e retratos, colocam a sua arte ao lado dos maiores nomes não só da pintura búlgara, mas também da pintura mundial. A presente exposição dá-nos a oportunidade de tocar mais uma vez uma parte da arte de Kalina Taseva, de desfrutar da energia da sua pintura, ainda viva e relevante durante os longos anos de pesquisas criativas.

Como aluna de Dechko Uzunov, ela iniciou sua jornada artística, pintando pinturas sobre temas históricos e revivalistas. Neles, a capacidade de capturar o caráter do personagem retratado é de extrema importância. É por isso que anos de prática diante da tela fizeram dela uma mestra na recriação do profundo psicologismo e da auto-absorção que emanam de cada um de seus retratos. Dois exemplos semelhantes são apresentados na galeria “Arte” – “Retrato de D. M.” e “Retrato de S. A.”, que merecem especial atenção justamente pelas qualidades acima mencionadas – expressividade, profundidade e força.

As paisagens apresentadas na exposição remetem-nos mais uma vez para aqueles lugares tão queridos pelo autor em torno das montanhas Pirin, ao redor do rio Struma, Melnik, Ilindentsi… Têm impacto tanto como imagens abstratas e convencionais de localidades, como no ao mesmo tempo estão carregados do sentimento patriótico que só uma paisagem búlgara pode irradiar.

A atual exposição de Kalina Taseva é mais um testemunho de que o sentido de monumentalidade e poder na pintura não é um princípio formal, mas uma carga interna da obra que independe de circunstâncias externas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *